laylla

laylla
ao tempo o tempo

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

a face

A outra face, não a tenho
a dos sorrisos falsos, ardidos
Para os quais repuxo músculos
Antes desconhecidos e
Doloridos,me falta à segunda face,
A que aceita a bofetada,
A que esquece o hematoma
Preciso da outra face
Para dar o sorriso preciso
Para receber a segunda porrada
fingido que foi um beijo
urdidona mente dos outros!!
Queria ter o cinismo
Que testemunho
Quem me dera!
Ai tudo se dava um jeito...

Nenhum comentário: