laylla

laylla
ao tempo o tempo

sábado, 28 de maio de 2011

meu passarinho voou

meu passarinho voou,
Foi para longe de mim,
mas seu coração ficou no meu,
Para que a saudade não me cale...
Coisas na vida ,são mistérios
para ele meu amor é diferente de tudo,
Não não consigo o matar em mim
Não consigo decifrá-lo,
Apenas vivê-lo.
este é o meu amor por ele,
tem segredos e incógnitas,
as vezes um amor ousado,
outras,apenas um amor Simples,
e muito cuidadoso...
Assim é o meu amor,
Um amor que não é indiferente,
,é um amor conseqüente,
De sonhos inconseqüentes,
Sonhos de ser feliz,,
Se torna real...
o passarinho voou,
meus braços ficaram vazios
como quando seca o leite
de seios não são mais necessários
Meu passarinho voou
deixou seu coração
dentro do meu,
quando voltar,eu devolvo...
ai ele leva o meu junto...

segunda-feira, 23 de maio de 2011

epitafio

Ontem descansei
finalmente fui esquecida,

Lambendo as chagas, as feridas

Que de minha alma torturada

brotam
escrevi meu epitáfio

nele se lê :foi poetiza - sonhou - e amou demais na vida.
E nada além de uma cruz enterrada no chão de terra seca.

uma certeza eu tenho...
Que minha alma cantou e amava tanto,
que o anjo protegeu o meu corpo abandonado,
E no silêncio derramou a ultima lágrima de uma dor

silenciosa e fedida!

mais um dia, dia de agonia
não é brincadeira
deveria ter me preparado melhor, e como me orgulho.

lutei muito só por vicio de lutar , pela vida ,por um dia a mais
e agora depois de tudo não encontro a alegria, em nenhum outro dia...
mas parece que estão todos bem, numa ilusão ímpar de

doce felicidade .
Se despedem e dizem bom dia ,que bacana!
Se eu descobrisse um segredo, que me cause medo
Um medo que me impeça de tentar, recordar
Não o seu que me lê, não o meu que me conhece...
Ha sobriedade pela cidade

onde?quando!?

onde estará filho que não pari
a dor que não senti
o nascer de sol que nunca vi?
onde andará o homem que nunca amei
o beijo que nunca dei
a rima que nunca criei?
quando será o fim da velha dor
o inicio de um novo amor
roubar da rosa a cor?
por que será que um filho
eu não pari ,perdi
por que um homem eu nunca amei ,beijei?
o que será da rosa que eu roubei
do por-do- sol que não olhei?

terça-feira, 17 de maio de 2011

gosto de emoção

Gosto do gosto da emoção

vivida e sentida
gostos dos atos espontâneos

sem gestos bruscos .
por onde vou a a vida me encantada
e pouco a pouco, vejo o caminho

que percorri e me encanto

Com as distâncias percorridas
foram tantos encontros e desencontros
palavras palavra não ditas,mal ditas

balbuciadas
minha paixão é ardente

meu coração carrega o mistério,

a busca calada...
despertar um sentimento
a vontade de se dar

brinco com o transitório
meu pensamento se defende

o coração indefeso chora
e tudo pode começar de novo

num circulo sem fim

A dúvida do encontro
o medo do desencontro
de repente, o amor
caminhos cruzados
nasce uma estrela,morre um sol

Tenho muito que caminhar ainda

So que agora vou poder

Olhar a paisagem

Cairam meus antolhos
o convite está feito
é recomeçar a amar.

Rua vazia

Uma rua vazia

Uma lampâda quebrada

A cadela no cio

Um lobo na estrada

Uma dor, um arrepio

A boneca jogada

Do cigarro fumado

A bagana deixada

A boca mal pintada

Um olhar lascivo

A mordida ,a dentada

O cheiro da boca

Acordar assustada

A mentira maldita

A queda ,a escada

Nos becos a saida

Esconder a escapada

Da coruja ,o pio

Alma mal assombrada

A garrafa quebrada

A rosa putrefada

O vermelho do sangue

A minha vida?
Um caco.

flores que se vão

Amigos passam por nossas vidas
Alguns por pouco tempos
Outros por muito tempo
Tem aqueles que nos acompanham
Por toda a vida
Aqueles que nem lembramos
De como éramos amigos

De alguns nos restam lembranças
Tem tambem os amigos virtuais
Talvez seja a amizade
Mais fácil de se ter
Basta clicar e pronto mais um amigo add,com simples palavras tecladas
achamos que conhecemos cada um
Uns mais amáveis outros nem tanto
Tem amigos que partiram para sempre
E têm aqueles distantes
Que pouco nos falamos s
Mas que mesmo assim lembramos sempre

Amizade é um sentimento muito estranho

Nunca se sabe pra onde vai...

É diferente do amor,que tem inicio,meio e

As vezes fim

Mas a amizade é mais misteriosa por ser simples

Por não ser egoista,por não exigir

Por estar sempre ali ,nos olhando

Com preocupação e alegria

Nem sempre é respeitdada

As vezes até é desprezada,mas se cala e

Espera...

Um amor ppode ser muitos

Amizade é única ...

Vinha trazer às rosas o primeiro
Beijo do Sol, nessa manhã tão fria!
Um dia foi-se e não voltou…