laylla

laylla
ao tempo o tempo

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

combinandinho...






quando fiquei muda,pedi à  Deus pra tambem ficar surda
eu não precisava saber das historias
não precisava falar nada,eu podia ate ficar cega ,que não faria a menor diferença,
tudo o que eu precisava era ter minhas lembranças,
pois ainda tinha esperança que tudo
não passase de um sonho mal.
mas não houve aquele odio todo,apenas uma apatia,como um buraco
negro que a tudo engolia.
como se o fim da tarde não acabasse nunca
e a noite não chegasse pra esconder meus olhos.
respirei fundo varias vezes,pois o ar me faltava
,minha garganta queimava e era dificil dizer
que cheiro era aquele,se de dor
ou de morrer.
mas vamos combinar  quem ta na chuva e pra se queimar
quem cai no fogo e pra se molhar
quem um dia  ama sabe que tudo vai acabar...

Nenhum comentário: