laylla

laylla
ao tempo o tempo

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

minha alma pensa que sou triste

A minha alma pensa que sou triste.

Ate meu corpo acredita nisso

mesmo quando meu rosto

Explode em risos,

Minha alma pensa que sou triste

E mesmo quando meu gesto

É uma dança flamenca,

Ela pensa que sou mansa.

Mesmo quando minhas palavras

rodopiam no ar,ela pensa que sou turva

A tristeza reina absoluta,

A minha alma pensa que sem tristeza

Não posso ser feliz

Ela pensa que sou calma,

A minha alma pensa que sou boa.

Não sabe da louca,que tenho delírios,

Eu deslizo na ponta da navalha,

A minha alma pensa que sou triste,

A minha alma sabe que não sei viver

sem minha tristeza ,sem ela não posso ser

FELIZ

Nenhum comentário: