laylla

laylla
ao tempo o tempo

sábado, 25 de fevereiro de 2012

Minha história,

Minha história, não importa muito

Sou mais do que só a autora.
Sou a principal atriz.
é minha memória, não posso voltar atrás

Mas gosto do jeito que esta

A platéia e sempre a mesma,

Fiel

E nunca cobrei ingresso

Pensando bem eu nem mudaria nada

Mesmo não tendo tudo o que eu queria,

Namorar o Selton Melo, viver um amor

Tipo novela mexicana, com muito ciúme

E intriga, ser eleita miss simpatia, tomar

Um pote de sorvete sozinha,

Confessar que gosto de rock

Que acho o João Gilberto um saco

Ir ao rock in Rio.
gosto da minha vida do jeito que está,
de tomar minha cerveja

Depois das cinco da tarde,

De mentir minha idade pra mais só pra parecer

Mais nova

De dizer que um dia vou a Europa

Do olhar de inveja da amiga de

Porre

Porque sou mais bonita

E muito imodesta,

Do sexo perverso

Não eu nunca mudaria nada

Porque eu fiz tudo

O que sou

E acho que fiz um bom trabalho...

Nenhum comentário: