laylla

laylla
ao tempo o tempo

segunda-feira, 11 de abril de 2011

quem!!??


Quem nunca se sentiu assim
Sem rumo, perdido, finalmente como

Eu vencida?
quem experimentou o desalento
E embora cercada de gente,
Continuou absolutamente só
Qual se estivera ao relento?
Quem não se perdeu do passado?
Quem já não ficou sem pensar no futuro,
Sem sentir um medo de nem sei o que?
Quem já não ficou sem saber o que fazer com o agora,
sabendo que o dia e a noite teriam muitas horas?
Quem já não se perdeu de Deus, ?
Quem já não morreu por dentro, após ter muito amado?
Quem já não experimentou um medo da morte?
Quem já não teve todos os planos roubados

e sonhos desfeitos?
Quem já não se viu lesado nos seus mais legítimos direitos?
Quem já não se viu, de repente,sem norte
Sem rumo, sem bússola, sem diretriz,
Quem já não se sentiu um dia, desesperadamente infeliz?
Quem já não se sentou à beira do caminho,
Vendo a vida passar, como filme apenas barato?
Na ínfima condição de mero espectador isolado

hoje eu reivindico o direito de poder ficar calada?
E poder então soltar o passado
Não temer mais o futuro
partir de vez do agora
Voltar ao estado original
Após ter fechado um doloroso ciclo
Fazer-me pronta para mais uma volta

por cima

Nenhum comentário: