laylla

laylla
ao tempo o tempo

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

meu principe

O príncipe encantado,
Não veio apeado
Chegou de carro
E trajava uniforme.
Não estava a rigor,
...mas isso não tirava, dele,
O esplendor.
Sem dureza no olhar,
Depois de me observar,
E foi uma grande
Surpresa ele me notar.
Nasceu a atração,
veio o desejo e
Pensei na paixão,
mas também veio.
O medo e a incerteza,
da entrega, o medo da.
Ilusão, mas o amor não...
como veio partiu
E deixou encantado
O meu coração,
Sem promessa de voltar
sem se entregar.
Um dia sem esperar,
quem sabe ele volte
E num lento trotar,
ele se aproxime.
Mas... Não... Sei que não vem
não para ficar...

Nenhum comentário: