laylla

laylla
ao tempo o tempo

sábado, 11 de dezembro de 2010

A lagarta vai chorar

A lagarta vai chorar

Com seus olhos perdidos

sem querer amar

Sem anel de casamento

Seu anel de latão

Quanta confusão

Um céu grande

Que dá tanta coisa

dos aviões aos pássaros

O sol tem um jeito redondo.

A lua uma maneira rasa.

Como é velha essa lagarta

por que não vira logo borboleta

Borboletas não foram lagartas?

Choram e choram.

Como estão chorando!

De quê? so precisam apreder

A abrir as

asas...

Nenhum comentário: